Blender para Arquitetura: 3 razões para apostar nesse software

O que não falta no mercado de softwares são programas dedicados à criação de projetos arquitetônicos. No entanto, grande parte das opções disponíveis são pagas e costumam ter valor elevado. O Blender 3D, por outro lado, vai na contramão da realidade mais comum de mercado.

Vamos falar um pouco sobre este versátil software e quais as principais vantagens de utilizá-lo em seus projetos.


O que é o Blender?

O Blender é um software livre e de código aberto que pode ser utilizado não apenas no mercado arquitetônico, mas também em animações, modelagens 3D em geral, renderizações e criação de efeitos especiais para vídeos. O projeto lançou sua primeira versão oficial no dia 2 de janeiro de 1994 e continua recebendo atualizações constantes por parte dos desenvolvedores. A última atualização foi lançada há pouco menos de um mês (2.82a). Ele está disponível em 25 traduções diferentes, inclusive em português. Diferentemente de vários softwares concorrentes, geralmente bastante pesados, o Blender é bastante leve. A configuração recomendada para executá-lo corretamente, segundo a página oficial, é a seguinte:

  • Processador Quad-Core de 64 Bits;

  • 16GB de RAM;

  • Placa de vídeo com pelo menos 4GB de memória.

O software é compatível com as principais fabricantes de GPUs, além de rodar em qualquer sistema operacional (Windows, Mac ou Linux).


Versatilidade nos projetos

O software é extremamente robusto e é capaz de realizar qualquer tipo de produção tridimensional. Sendo assim, trata-se de uma opção viável para a elaboração de seus projetos de arquitetura, com a vantagem de não ter de pagar pelo software. É possível modelar uma maquete eletrônica com total precisão através deste software, fazendo uso de inúmeras ferramentas métricas para garantir que nenhum detalhe passe despercebido. Além disto, o Blender possui um renderizador próprio, chamado Cycles, perfeitamente capaz de substituir o V-Ray, cujo valor anual de sua assinatura pode facilmente ultrapassar os R$ 2 mil. Além de substituir o V-Ray, o Blender possui um software de renderização em tempo real chamado Eevee que substitui também a necessidade de gastar dinheiro com outros tipos de render comerciais.

Liberdade

Por se tratar de uma iniciativa de software livre, ela é sustentada através de doações realizadas pelos usuários satisfeitos com seu desempenho. Sendo assim, pode ser uma boa ideia, como forma de agradecimento, disponibilizar algum valor aos desenvolvedores e ajudá-los a tornar o Blender cada vez melhor. Não é preciso pirateá-lo, uma vez que se trata de um software totalmente de graça.

Aprenda a usar o Blender


Oferecemos um curso completo de Blender para Arquitetura. Esse treinamento foi pensado para profissionais que desejam criar maquetes e projetos de arquitetura e de interiores através deste poderoso software. Oferecemos acesso vitalício a todo o conteúdo adquirido, suporte técnico de primeira qualidade e garantia incondicional de 30 dias. Além disto, após a conclusão do curso, oferecemos aos nossos alunos certificação reconhecida pela ABED (Associação Brasileira de Educação à Distância), o que reforça nosso compromisso com a qualidade.


Clique aqui para se inscrever: https://go.hotmart.com/J18544648U



  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram
  • YouTube
vray_expert_220.jpg
su_completo-220.jpg
3ds_completo-220.jpg
materiais v-ray
card_blog.jpg

Mantenha-se atualizado

© 3DM 2020, Todos os direitos reservados. CNPJ - 30.586.227/0001-21

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
whatsapp_icon_50.png