Aprenda a escolher o notebook ideal para trabalhar com render

Atualizado: 7 de Out de 2020



Se você é arquiteto, designer ou profissional de archviz, sabe que é muito importante ter um notebook que tenha um bom desempenho, até porque ele não pode deixar você na mão na hora de renderizar um projeto que levou horas, senão dias para produzir.

Visto que essa é uma dúvida muito frequente, nós decidimos preparar este artigo com quatro aspectos importantes que precisa ficar de olho na hora de comprar um notebook para trabalhar com render.


Aqui você vai entender a importância de alguns pontos relevantes como:

1. Processador;

2. Placa de vídeo;

3. Memória RAM;

4. Monitor de qualidade.

O QUE OBSERVAR AO COMPRAR UM NOTEBOOK PARA TRABALHAR COM RENDER?

1. Processador

Vamos imaginar que você tem um projeto para desenvolver e precisa abrir diversas abas e janelas no seu notebook. Não tendo um bom processador, que seja veloz, ele vai começar a travar.

Renderizadores como o V-Ray e Corona Renderer utilizam o processador para realizar o cálculo. Por isso, é importante procurar saber o número de núcleos que o processador possui. Quanto maior o número de núcleos, melhor será seu desempenho e velocidade.

2. Placa de vídeo

Um aspecto bastante importante é sem dúvidas a placa de vídeo, isso porque cada vez mais os renderizadores a utilizam para realizar o cálculo de render.

A placa de vídeo é quem fica responsável na hora de modelar o projeto. Então, se a gente pegar um software como o Lumion, Enscape ou Octane, por exemplo, você vai precisar de uma placa de vídeo que seja poderosa.

Não adianta só olhar a memória da placa de vídeo, tem que pensar na velocidade alta. Quanto mais rápida, melhor.

3. Memória RAM

Outro aspecto muito importante é a memória RAM. Quando mais complexa for a cena que estiver desenvolvendo, mais memória RAM ela vai exigir do notebook.

Se sua memória for pouca, pode acontecer de não iniciar a renderização ou até mesmo de não conseguir concluí-la.

Mas afinal de contas, o quanto de memória seria ideal?

8 GB – é pouco

16 GB – é legal

32 GB – é excelente

4. Monitor de qualidade

Quando você cria um projeto, independente se ele é complexo ou não, você insere elementos e cores que combinem com o ambiente, certo?

Se você tem um monitor que mostra as cores distorcidas você vai acabar não chegando em um bom resultado nos seus materiais, prejudicando todo o seu trabalho.

Portanto, prestar atenção no monitor é crucial!



QUAL A IMPORTÂNCIA DE ESCOLHER UM BOM NOTEBOOK?


Parece um tanto óbvio a resposta, mas não é. A escolha de um bom notebook vai ser determinado pelas funções que vai desenvolver nele.

Ou seja, se você é um profissional que utiliza um notebook para a criação projetos 3D, a melhor escolha é aquela que preenche todas as suas necessidades em questão de processador, placa de vídeo, memória RAM e um monitor de qualidade.

A AVELL, por exemplo, é uma das melhores marcas em notebook para nós que trabalhamos com render. Vale a pena dar uma conferida no site.