3ds Max 2017 – Review e Download

Atualizado: 29 de Out de 2019


No post de hoje vou falar para vocês sobre o último lançamento da Autodesk: o 3DS Max 2017. Posso dizer com tranquilidade que esta versão é a melhor versão que a Autodesk lançou nos últimos anos.

Faz tempo que a Autodesk não lança uma versão com tantas novidades. E dentre as várias coisas que a gente pode citar desta nova versão, uma delas é que eles reformularam completamente a interface do 3D Studio: os botões estão todos remodelados, ficou bem bonito e eles introduziram um novo reinderizador. É isto mesmo: um reinderizador proprietário da Autodesk, fisicamente correto. Ficou animal!

A primeira coisa que a gente nota é que o ícone mudou completamente. O ícone do 3DS Max 2016 é completamente diferente do 3DS Max 2017. As cores são as mesmas, mas o logo do ícone está completamente diferente.

Na interface do 3D Studio a gente percebe que todos os botões foram remodelados, foram redesenhados. Bem legal isto, estava precisando. Eu acho que aqueles botões do 3D Studio tinham uns 20 anos pelo menos.

Assim como o 3D Studio 2016, esta versão 2017 também veio com a versão em português. Eu não precisei selecionar nada no momento da instalação, automaticamente ele já instalou o 3ds Max em diversas línguas: português, inglês, francês, alemão, japonês, koreano e chinês.

Uma das novidades do 3D Studio 2017 é a viewport. Ela está preparada para monitores com alta densidade de pixel, monitores com tela retina, monitores com alta resolução. Será que eles já estão preparando o Max para rodar no Mac OSX? Digo isso porque boa parte dos computadores da Apple possuem alta densidade de pixels.

Outra funcionalidade que mudou foram os objetos compostos. A interface do Boolean ela está modificada e tem novidades.

Agora o 3ds Max tem uma conexão direta com o Stingray. O Stingray, para quem não conhece, é a plataforma da Autodesk para a produção de games. Com essa funcionalidade é possível conectar o 3ds direto com o Stingray e qualquer alteração na modelagem do 3D Studio se manifesta lá no Stingray.

Pra quem não está familiarizado, o Stingray seria muito parecido com o Unreal. Com a diferença de que o Stingray é intimamente aqui interligado com o 3D Studio Max.

Outra novidade é o menu “Conteúdo”. Nele é possível comprar e fazer o download dos blocos diretamente pela interface do 3ds Max. Além disto, ele também se conecta diretamente com a biblioteca de recurso do 3D Studio Max.

E pra coroar o 3ds Max 2017 a Autodesk lançou seu renderizador fisicamente correto, o Art Render. Os parâmetros do Art Render são super simples, parece ser muito fácil de configurar. Não vejo a hora de botar as mãos nele e poder contar para vocês como ele funciona.

Se você quiser fazer o download dessa versão, tem o link aqui embaixo. Basta inserir seu e-mail na caixa com os dizeres “conteúdo exclusivo bloqueado” que o sistema mostra os links para download.


#reviewmax2017 #3dsmax2017 #autodesk2017 #3dstudio2017 #download3dsmax2017 #tutorialmax2017

2 visualizações
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram
  • YouTube

Mantenha-se atualizado

© 3DM 2020, Todos os direitos reservados. CNPJ - 30.586.227/0001-21

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
whatsapp_icon_50.png